Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Parabéns (Mica) !

por Anabela Crespo, em 16.12.14

São trinta que já contas

nos teu dedos de menina;

Deixa, nós mulheres estamos sempre prontas,

e aos olhos da Mãe serás sempre pequenina.

 

Saúde, Amor e Felicidade

é o que te desejo.

E é com grande Amizade,

que contigo esta data festejo.

 

Muitos Parabéns, muitos anos de vida,

cheios de planos e sonhos,

numa existência que há-de ser comprida.

 

Um enorme beijinho

e um abraço apertado.

Ah e pedi ao teu anjinho

que se mantivesse sempre a teu lado.

 

Anabela Crespo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:12

Dia do Trabalhador

por Anabela Crespo, em 14.11.13

Dia um de Maio,

Dia do Trabalhador. 

Foram lutas incessantes,

mas, hoje, é digno todo o lavor.

 

Direitos foram conquistados

pelas vozes que se ergueram.

E é com orgulho que as mesmas dizem

que nunca cederam. 

 

Ainda que o cenário seja diferente, 

continua precário e incerto.

Não sabemos o que têm em mente,

porém achamos que algo não está certo. 

 

A situação é preocupante

e a crise a agravou.

Esta é uma pergunta constante,

a de que "como é que tudo começou?".

 

Mas afastemos pessimismos.

Unidos lutaremos 

por esta causa que é minha e tua.

E é com toda a certeza que digo que juntos a venceremos. 

 

(pseudónimo: Feliz Lopes)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:21

O livro.

por Anabela Crespo, em 14.11.13

No cimo da parteleira empoeirada 

aguardava por quem se atrevesse, 

por quem sem qualquer pudor 

o visse e lesse. 

 

E eis que a criança destemida

o pegou com alguma desconfiança. 

E de curiosidade aguçada

se lançou à bem aventurança.

 

Cada página uma promessa de imaginação,

de mundos e personagens diferentes,

que travam a derradeira batalha 

contra imaginários oponentes. 

 

De sorriso bem desenhado

dá por terminada a leitura,

a sonhadora criança

que agora só deseja nova aventura.

 

 

(pseudónimo: Violeta Sanches) 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:13

Mogadouro

por Anabela Crespo, em 14.11.13

Mogadouro, Mogadouro, 

Terra que nunca conheci,

Mas são belas as histórias

que sobre ti li. 

 

Cidade do distrito de Bragança

enciaxada entre o Douro e o Sabor.

Diz quem a visitou 

que é difícil não lhe ter amor. 

 

Quem numa visita se aventura

o castelo terá que ver.

Igrejas e casas senhoriais

também não pode perder. 

 

Amendoeiras em flor 

uma imagem para recordar.

Amendoeiras em flor 

nesta terra que um dia, prometo visitar.

 

Mogadouro, Mogadouro,

Terra que nunca conheci,

Mas são belas as estrofes 

que sobre ti escrevi.

 

(pseudónimo: Margarida Esteves) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:57

Em busca de Ti Meu Amor

por Anabela Crespo, em 20.12.11

Voei nas asas do sonho

para te encontrar.

Voei nas asas do sonho

só para te poder amar.

 

Percorri o mundo

procurando o teu beijo.

Percorri o mundo

porque és tu quem eu desejo.

 

Trilhei montes e vales

para conseguir um abraço teu.

Trilhei montes e vales

para te dizer como é bom ter-te neste mundo meu

 

Depois de tanta procura

encontrei o meu porto de abrigo.

Depois de tanta bravura

descobri que ele está contigo.

 

 

Anabela Crespo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:03

A Senhora sentada no banco do cabeleireiro

por Anabela Crespo, em 20.12.11

Pele de tom escuro, olhos brilhantes, sorriso estampado no rosto e um beleza indescritível.

Sorris e olhas para mim tentando procurar algo em minha alma, tentando perceber a minha essência. Retribuo o sorriso e penso "quando for grande quero ser bela como tu".

Quem és? Um anjo perdido na terra? Pareces ter uma asa partida.

 

 

Anabela Crespo 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:46

A Senhora da paragem do autocarro.

por Anabela Crespo, em 20.12.11

Quem és tu que estás sentada no banco da paragem do autocarro?

Quem és tu que insistes em manter conversa, contando-me a tua vida, sem me conheceres?

Quem és tu que sorris de forma tão luminosa e singela?

Não sei quem és, desconheço o que fazes ou até mesmo onde moras. Deduzo, pelos teus cabelos brancos e rugas sulcadas no rosto, que tens muitas histórias para contar.

E naqueles 15 minutos em que falámos tornei-me uma pessoa mais rica porque fui contagiada por uma humildade e inocência cada vez mais raras de encontrar.

 

 

Anabela Crespo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:28

MÃE

por Anabela Crespo, em 20.12.11

Afasta a tristeza do teu jardim

e em cada flor colhe um sorriso.

Afasta essa nuvem cinzenta do teu céu

e em cada floco de algodão desenha um sonho.

 

Abre a porta! Não vês que a vida que entrar?

Não feches a janela! Não vês que o mundo te quer abraçar?

 

Não chores! Deixa antes que cada gota de chuva te lave a alma.

Não te vergues porque um ar majestoso jamais se perde.

 

Abraça a vida! Vive cada momento com a felicidade característica da criança que corre pelos doces e inocentes caminhos da infância.

 

 

  Anabela Crespo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:14



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D